14 de ago de 2012

Em busca do Vice Ryan


Mitt Romney, candidato republicano à presidência dos EUA anunciou Paul Ryan como seu companheiro de chapa. Ou seja, pretendente a vice-presidente. Conservador até o talo, ele deve ser uma espécie de Sarah Palin do bem. Seu papel será o de atrair os mais radicais e rejuvenescer a imagem do partido. E, claro, Ryan já é alvo de brincadeiras na internet.

Ana Sanlez, da RTP, fez uma análise detalhada do papel que Ryan desempenhará na campanha, vale a leitura. O trecho seguinte é apenas um aperitivo da atuação política do atual congressista por Wisconsin:

"Acérrimo defensor dos movimentos pró-vida, o novo braço-direito de Mitt Romney votou contra todas as propostas referentes à despenalização do aborto, mesmo as que dizem respeito a casos de violação ou incesto. Como lembra o New York Times, em 14 anos que leva de Congresso, Ryan foi favorável a todas as propostas relativas a cortes no planeamento familiar, bem como aos diplomas que criminalizam os médicos que intervenham em interrupções de gravidez."

Nenhum comentário: