21 de set de 2012

Clima de sexta-feira: Animal Collective


Se você ainda não ouviu/comprou/baixou o disco mais recente do Animal Collective, o "Centipede Hz", corra para ouvir/comprar/baixar. Esse é provavelmente o melhor disco do ano. Sim, e ainda faltam três meses para acabar 2012. Mas não é de hoje que eles se destacam. Esse é o nono disco do quarteto, que se formou em Baltimore (EUA). Dos que ouvi até hoje, é melhor.

Há um equilíbrio entre batidas tribais, pesados efeitos eletrônicos, barulhos estranhos e o vocal agudo e gritado. Tudo está muito bem combinado. "Centipede Hz" (e o Animal Collective) tem sido chamado de "psicodélico", termo limitado para descrever o quadro todo. O impressionismo sonoro (e visual) é sim uma das características fortes. Mas escapa desse termo uma certa alma punk. A progressão (para brincar com o termo "progressivo" que uma vez caracterizou Os Mutantes na sua pior fase) está nas dinâmicas que a parte instrumental desenvolve.


Tudo conversa com perfeição, na hora certa. O Animal Collective não só distribui notas e compassos, ele passa camadas de texturas sonoras pelas 11 faixas do novo disco.  Ainda assim, o som é terrivelmente simples e evoca as partes mais cruas da sensibilidade de quem ouve. Ouvir "Centipede Hz" sob o efeito de algum psicotrópico pode resultar numa viagem sem volta. Tomem cuidado.

Para animar nossas vidas reais (essas sim, psicodélicas), a faixa dessa sexta-feira é "Applesauce", a quarta e mais animada do disco.

Applesauce by Animal Collective on Grooveshark

Nenhum comentário: