26 de mar de 2010

Gangue


Com o intuito de fortalecer os laços blogueiros, apresento uma companheira de profissão e colega de prédio: Bruna Rodrigues, quase da família, formou-se jornalista comigo na PUC. Fala rápido, pensa na mesma velocidade e não gosta de gente lerda. Se é pra bater papo, que seja com vontade.

Tem blog há muito tempo, antes era a Minha Escrivaninha, mas ela julga que ali "não dizia nada". Resolveu que o melhor era fazer um novo e colocar dicas do que gosta. Deu certo. Além de um belo layout, o C'est Sympa recebeu elogios do alto escalão do jornalismo brasileiro (ela não revela quem).

Entre uma matéria e outra na revista da Gol, ela conversou comigo e se apresenta para os leitores do Sou Daltônico, Não Idiota.


Além do óbvio, o que você faz na internet?
Fico atrás de notícias, estou sempre procurando palavras no dicionário online do Michaelis, busco mapas para as minhas andanças em São Paulo no Guia Mais e decoro letras de músicas lá no Terra.

Qual é seu vício?
Ser organizada demais. Não vivo sem um post-it.

Eleja as cinco coisas mais chatas e as cinco mais legais de ser jornalista
Coisas boas: assinar as matérias que você curtiu fazer, ganhar uns jabás bacanas,  não ter que começar a trabalhar às 8h, viver lendo e escrevendo (e ser paga para isso, conhecer pessoas/coisas/lugares que jamais imaginou conhecer. Coisas não tão boas: assinar as matérias que você não curtiu fazer, receber releases da Sociedade de Odontologia, entre outros, entrevistar gente chata, ouvir sempre a mesma pergunta: "Por que você não vai trabalhar na Globo?" e lidar com assessor ignorante.

Se só pudesse escolher um prazer pra ter na vida, qual seria?
Que pergunta, hein?! (Responder com uma pergunta vale?)

Indique um blog e um twitter
Um blog: http://ricardolombardi.ig.com.br/. Um twitter: http://twitter.com/Brunoaleixo. Um site: www.moreintelligentlife.com.

Nenhum comentário: