7 de out de 2011

Canção da sexta

Se o disco "Signs & Signifiers", do JD McPherson*, caísse nas minhas mão sem eu saber muito a respeito, eu iria até inferno jurando que foi gravado entre os anos 50 e 60. Mas, incrivelmente, não foi. Para começar, ele é jovem. Sua voz é muito parecida com a de artistas da extinta e histórica Chess Records, casa de muitas das lendas do blues e Rythym and Blues de Chicago.

Sua obsessão vintage é a vantagem e a desgraça de McPherson. As boas influências garantem um som familiar, de timbres e canções parecidas com as que serviram de inspiração. O problema é que o cantor ficou tão preso ao passado que soa como se tivesse viajado no tempo, sem acrescentar nenhum elemento novo à mistura.

Mesmo assim, "North Side Gal" é nossa canção de hoje. Para dançar e colocar no "repeat".






*Obrigado a Tatiana Weiss pela dica

Nenhum comentário: