5 de abr de 2011

Muito rápido

Para provar a capacidade de concisão, característica-símbolo do punk em seus primórdios, posto aqui um show do Ramones. São 26 músicas em 54 minutos, um colosso de rapidez. O cálculo mostra 2,07 minutos para cada faixa. Essa “prática” vem de tempos mais antigos e não menos concisos. Buddy Holly é um exemplo de artista que raramemnte saía da casa dos dois minutos. Dos anos 80 para cá, pode-se citar os Pixies (fãs confessos de Hüsker Dü, punks americanos, além de Holly) e o Times New Viking. O punk não morreu.


Nenhum comentário: