13 de set de 2010

Que cazzo é math rock?


Sério, alguém me explica? Já ouvi esse termo e ainda não consegui entender o que isso significa. Já topei com essa maldita expressão antes, mas depois que ouvi o Tera Melos, ela começou a fazer menos sentido ainda.  Fiquei ouvindo o disco Patagonian Rats (2010) para ver se alguma luz vinha, mas não veio. O rock está lá, mas não o "math".

O verbete da Wikipédia sobre o assunto diz que tem a ver com métricas complexas, atonalismo e coisas estranhas e vanguardistas. Até citam a Vanguarda Paulistana como um exemplo nacional. Bobagem. Achei mais importante notar que os Tera Melos são da gravadora Sargent House, do Omar Rodríguez-Lopez, também parte da banda de hardcore progressivo screamo (math?) The Mars Volta. Consigo ver o Omar ouvindo a fita da banda, uma identificação rolando e ele dizendo para si mesmo: "Esses rapazes merecem um contrato!".

Resumo dessa ária: vamos parar de inventar termos para a música. A não ser que seja caso de vida ou morte saber se a sua banda favorita é prog-indie ou math-screamo. Para mim, é tudo punk.

Tera Melos
Myspace
Site
Página na Sargent House

Nenhum comentário: