29 de jun de 2010

Projeto Filme: Casablanca

Adorei. Tem tudo o que um bom filme de Holywood deve ter e algumas das minhas coisas favoritas: política e contexto histórico. Bom, este pode ser chamado de contexto só agora, porque em 1942 era uma realidade. A Segunda Guerra estava acontecendo e a situação de Casablanca - um lugar para onde refugiados iam para tentar embarcar para os EUA - era mais ou menos aquela mesma.

Como é que eu nunca tinha visto a Ingrid Bergman num filme? Aquela mulher era de outro mundo. E ótima atriz. O Humphrey Bogarty era excelente ator também. Quando crescer, quero ser como o personagem dele, Rick, um cara durão, mas nem tanto.

Fiquei impressionado como poucos recursos especiais são necessários para se filmar uma boa história. Já havia visto bons filmes sem etês e explosões absurdas, claro, mas não imaginava o quanto o cinema era dinâmico e "catchy" em 1942. O roteiro prende o espectador, é supreendente e tem falas históricas como: "Sempre teremos Paris". Eu já usava isso, mas não sabia de onde havia saído.



Veja o trailer do filme:


Entendi porque "Casablanca" é até hoje um dos maiores clássicos. Em tempos de na'avi com entrada USB e Alices espadachins, é bom pensar que existe outra maneira de ser divertido sem tratar o público como uma simples máquina que produz reações. Mesmo um filme simples como "Casablanca", tem muito material sobre o qual se pode refletir.

O Projeto Filme não podia ter começado melhor. O próximo da lista é "Cantando na chuva", uma escolha delicada porque não gosto de musicais. Vamos ver se Gene Kelly me convence como Bogart e Bergman fizeram.

Entenda o que é o Projeto Filme

Um comentário:

Nati Baggio disse...

Acho "Casablanca" um filme mediano. Nem bom nem ruim. tem os elementos certos para ser considerado (e com muita razão) um clássico. Eu gosto, mas não fiquei entusiasmada (acho q deu pra entender oq eu acho dele haha).
O seu próximo filme é um dos meus favoritos. Sou apaixonada por Musicais, é o tipo perfeito pra dar aquela escapada do mundo real, por isso, abra a mente. haha
O bacana do "Cantando na Chuva" é que ele é uma homenagem ao cinema e faz isso utilizando diversos cenários e canções já usados em outros filmes. Vale a pena depois pegar as primeiras versões das músicas,comparar e assistir a evolução do cinema hollywoodiano.
Beijos

Ps: A melhor cena é qdo Gene interpreta um jovem rapaz sonhador chegando a Brodway (deu branco na escrita). Ele dança com ninguém mais do que Cyd Charisse.
Ps2: Adorei a idéia do projeto. Qdo tiver uma dica legal, eu te mando ;)